OGPS -  O Guia de Praias e Serviços de São Sebastião
Notícias - São Sebastião terá o primeiro Parque Aquícola do litoral de São Paulo
São Sebastião terá o primeiro Parque Aquícola do litoral de São Paulo

15/02/2014
A prefeitura de São Sebastião firmou convênio com o Ministério da Pesca e Aquicultura para a implantação do primeiro Parque Aquícola do litoral paulista. O investimento é de aproximadamente R$ 285 mil, e contempla a realização de estudos, aquisição de equipamento e o ordenamento marinho.
De acordo com o responsável pelo setor de Maricultura da prefeitura Evandro Sebastiani, a intenção é fazer todo o mapeamento da costa de São Sebastião. “Vamos mapear os 104 quilômetros de costa do município e demarcar as áreas aquícolas, fazendo o ordenamento marinho, por exemplo, de onde pode ser realizado o cultivo marinho, o local de pesca e o fundeio das embarcações. Queremos também fazer todo o estudo de fauna e flora e traçar um perfil do fundo do mar, incluindo a análise da água”, explicou.
Segundo disse, outra medida da Secretaria de Meio Ambiente é adquirir equipamentos para o departamento como, por exemplo, a compra de uma embarcação. “Vamos providenciar a compra de um barco que consiga navegar em mar aberto e garantir o aumento de nossa atividade no mar, inclusive, de fiscalização”.
Esta é a primeira vez que o município faz um trabalho como este e, de acordo com Sebastiani, é também o primeiro parque aquícola a ser instalado no litoral de São Paulo: “Temos a informação de que existe este tipo de trabalho em municípios com rios e em água doce, mas, no litoral e mar, ninguém até hoje iniciou este tipo de ação”.
Bijupirá
A implantação destes estudos também fomentará a segunda fase do projeto Bijupirá com a possibilidade de levar os alevinos (peixes recém saídos do ovo) – que ficam na sede do projeto, localizado no Balneário dos Trabalhadores, em Praia Grande –– para ser cultivados no mar e, com isso, aumentar a produção marinha. “Sem dúvida nenhuma este será mais um avanço para o projeto com a tentativa de aumentar a produção de peixes marinhos e estimular o consumo e cultivo por parte dos pescadores artesanais e outros interessados da cidade”, finalizou Sebastiani. O objetivo do Bijupirá é garantir um atrativo para que os pescadores enxerguem opções econômicas, ambientalmente sustentáveis e manter a atividade por ele exercida no mar.

Fonte :   Jornal Costa Norte - Foto Luciano Vieira
Publicidade
Copyright © OGPS - O Guia de Praias e Serviços de São Sebastião
Todos os direitos reservados.